quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Panqueca de Amendoim

Bom dia, chegou minha encomenda de farelos e junto veio a farinha de amendoim. Ela é muito prática, tem um aroma divino e tem menos carbos livres (+/- 2g /1 colher sopa) do que a farinha de amêndoas. Mesmo não tendo enjoado da Omelete de Canela no meu café da manhã, hoje resolvi tentar com amendoim, 
eu gostei... e você? Procurei para vocês um pouco sobre a história da panqueca lá no final do post.


Ingredientes

2 ovos
1 colher de creme de leite
1 colher de sopa de farinha de amendoim
1 colher de sobremesa de PIS ou fibra de trigo
1 colher canela
10 gotas de adoçante liquido Linea


Preparo

 1. Misturar todos os ingredientes;
2. Colocar em uma frigideira baixa ou panquequeira em fogo baixo;
3. Vire quando começar a ficar mais firme;
4. Prepare a cobertura com 1 colher de creme de leite, canela a gosto e 5 gotas de adoçante;
5. Despeje por cima da panqueca e decore com farinha de amendoim.



 



 Evidências arqueológicas indicam que a massa de panqueca deva ter surgido ainda na pré-história, onde uma mistura de sementes secas era adicionada a ovos e leite ou água e eram cozidas em panelas de barro mais rasas, formando uma massa nutritiva e com sabor interessante.
 
Há também, quem defenda a ideia que as panquecas surgiram há 9.000 anos na Europa, provavelmente na França, quando, acidentalmente uma mulher derramou mingau no fogão e percebeu que cozinhava muito rápido e transformava-se em uma massa de fácil manuseio e com paladar agradável.
 No século 15, as panquecas eram conhecidas por toda a Europa. Já foi até descoberto um manuscrito inglês sobre gastronomia, de 1430, que cita a panqueca como um alimento bem popular naquela época.
 

Mas foi por meio dos chefs franceses, que sofisticaram bastante essa receita, no começo do século 20, que as panquecas ganharam popularidade. Nessa época elas chegaram com força nos Estados Unidos e de lá ganharam o mundo. Por isso, se pensa que a panqueca é uma invenção norte-americana.
Por todos esses anos, a receita original continua sendo mantida, com uma outra adequação na massa, mas muita inovação nos recheios.
Panqueca é um tipo de massa frita com pouco óleo sobre uma chapa ou frigideira quente. A massa é feita basicamente com ovos, farinha e leite. Existem muitas variações regionais de panquecas, algumas contendo fermento ou outros ingredientes.
 
As panquecas estilo americano levam geralmente chocolate ou mel como molho, que dão sabor especial às panquecas. Essas são chamadas de american pancakes, lá nos  Estados Unidos. No resto do continente americano, principalmente na América do Sul, a panqueca é totalmente diferente das panquecas norte-americanas. 
Aqui no Brasil, as panquecas geralmente são salgadas, levam ovo como ingrediente principal e são enroladas. Os recheios predominantes são carne ou frango. Outra diferença importante é que na América do Sul a panqueca é servida no almoço ou no jantar e não no café-da-manhã, como nos Estados Unidos e Canadá.
Mas a panqueca foi praticamente reinventada no Brasil. E por causa do recheio mais tradicional de carne moída (nesta foto o recheio é com carne seca) e molho de tomate com queijo, muita gente acha que se trata de uma receita italiana. Mas nada disso e aqui a panqueca ganha até calda de sorvete. Talvez o Brasil seja o país com a maior variedade de molhos para panquecas e crepes. E esse é um fato comentado no mundo inteiro. A panqueca brasileira se tornou uma referência.
  Fonte:
http://www.companheirosdoverde.com.br/cdv/index.php?option=com_content&view=article&id=311:a-hiatoria-da-panqueca&catid=42:gastronomia&Itemid=60

4 comentários:

  1. Maravilhoso o seu post, além da receita deliciosa, ainda tem história. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Amélia, sempre achei que ninguém lia as historias dos alimentos, heheheheh... beijos

      Excluir
  2. Quando se copia um texto ou parte dele deve-se citar a fonte.
    http://www.companheirosdoverde.com.br/cdv/index.php?option=com_content&view=article&id=311:a-hiatoria-da-panqueca&catid=42:gastronomia&Itemid=60

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc tem razão André, não tive a intenção. Corrigido..

      Excluir