quinta-feira, 20 de junho de 2013

Pesquisa


Gostaria de pedir para que os seguidores do blog respondam a esta pesquisa: https://www.surveymonkey.com/s/C78CK7L

Não vou explicar, para não induzir as respostas, mas vocês vão entender porque faço esta sugestão.

Quem responder, comenta aqui!!!

beijocas


domingo, 16 de junho de 2013

Estamos Todos Errados?

Essa semana vi em vários lugares comentários sobre a edição deste mês da Revista "O2 Por Minuto". Até o Dr. Souto fez um apelo para que comprássemos a revista como forma de incentivar as publicações low carb aqui no Brasil. Corri nas bancas e comprei a minha. Na verdade a revista em si não tem uma proposta low carb, pois ela apresenta várias visões. Na reportagem sobre os adoçantes é possível perceber alguns conceitos ainda tradicionais. Mas, a reportagem que escolhi trazer aqui neste post "Estamos todos errados?" começa a discutir certas verdades difundidas sobre nutrição saudável. Nada que seja novidade para quem já segue e estuda as dietas low carb, mas é sempre bom ver essas ideias sendo difundidas em outros meios. Adorei o esquema, na terceira página da reportagem, do ciclo vicioso: carboidratos-insulina-aumento de peso. Outra reportagem interessante, e que eu sugiro a leitura, é a entrevista com o jornalista Gary Taubes, que é um dos editores da revista Science. Ele combate o consumo de carboidratos e diz que a restrição calórica é um mito. Pena que seu livro "Why we get fat" não foi ainda traduzido aqui no Brasil, como muitos outros livros low carb, né? Abaixo poderão ler a reportagem que destaquei para dividir com vocês. Farei minhas as mesmas palavras do Dr. Souto. Comprem a revista, mandem e-mails para os editores e ajudem a chamar atenção para o nosso estilo de vida, para que mais reportagens sejam publicadas.

Preço: 14,90

terça-feira, 4 de junho de 2013

Pimentas queijos e muito acolhimento

Olá amig@s,
Para quem não esta sabendo sobre a viagem que falei no último post, deixa eu contar: fui visitar uma amiga querida que conheci com a dieta. Nos encontramos pela primeira vez no Encontro Atkins Flex de Santos no começo do ano. Foi amor a primeira vista, heheheh. A Rosy me convidou para visitá-la e como sou muito cara de pau, aceitei, hehehheh. Levei o marido junto, porque ele é mineiro e também é low carb. Foi uma festa só. Será que preciso falar que AMEI a viagem???? Pois eu AMEIIIIIII!!!!!
Tivemos sorte de não cair na confusão que aconteceu a noite nos aeroportos, a viagem foi bem tranquila. Agora, a Gol distribui cardápios e cada um paga o que quer comer. No cardápio tem opções de lanches "saudáveis" e lanches "tradicionais", um nome melhor para o lanche LIXO, heheheh. Mesmo assim, a versão saudável, não cabe na nossa dieta. A única opção, no caso de você não ter levado nada e estar morrendo de fome,  são as castanhas que são vendidas separadamente. Cada saquinho (inho, inho) custa 5,00. Então sugiro que quando forem viajar, façam PPC e levem castanhas, torresmo ou o cajuzinho a moda antiga que foi o que eu levei na viagem de ida.  A cidade (Belo Horizonte) é linda, mas com muito trânsito.....desde o aeroporto... Como a Copa está chegando, acredito que em todas as cidades sedes está assim.
Agora deixa eu falar do Mercadão!!! Gente, o que é isso? Só por essa visita, já tinha valido a viagem!!! Marido provou tanta cachaça que quase ficou bêbado. Amei tudo, as cores e os sabores. Todos aqueles condimentos, encontrei até bacon em PÓ!!!! -É importante deixar a nossa dieta o mais saborosa possível, e os condimentos ajudam muito. Aproveite essa sua nova vida e (re)aprenda a comer, sem medos e preconceitos.- Encontrei também o nosso querido Doçurinha em uma lojinha, aproveitei e reabasteci o estoque. 
Eu não aguentava mais provar queijo, hehehhehe. Como não sou mineira, não tinha diferença, estavam todos ótimos. Marido dizia, ah, esse ta mais ácido e eu com cara de "o que você ta falando?".
A Patrícia Ayres, seguidora aqui do blog sugeriu o Fígado acebolado. Claro que provei... e amei!! Vou falar a verdade, tinha comidas que não fazem parte da dieta... mas acredito que temos que mudar nosso modo de viver e foquei somente no que é low carb e fingi nem ver as "gordices". Não provei (no Mercadão) nada que não podia, e também não senti falta. Fui com a proposta de conhecer e investigar o que tinha de low carb, acho que se tiver que comer alguma coisa fora da dieta, terá valer MUITO a pena. E de preferência que seja planejado, como no caso da minifarra que fiz e que vou contar mais adiante, heheheh.
E as pimentas? Eu amo e elas são termogênicas, por isso acho super válido que vocês tentem usar. Eu trouxe Tabasco mineiro, pimenta malagueta para meu irmão. Acreditam que tinha geleia de pimenta? Isso que é gostar, hehehhe. Encontrei ainda a famosa Manteiga de Garrafa, ideal na nossa dieta. Ela é bem prática e desde que voltei tenho fritado uns bifes com ela.























Fomos conhecer Ouro Preto. Cidade linda, cheia de ladeiras, ou você está subindo ou está descendo (heheheh). Pelo que percebi, teve seu auge em 1700-1800, onde a maioria das construções foram erguidas. Achei triste o fato de ter que pagar para entrar nas igrejas (8,00 em média). Mas eu optei por não entrar por uma questão de princípios. Visitei o teatro mais antigo da América Latina em funcionamento. Amei, dava para sentir o ambiente, muito bem cuidado e o guia foi um querido. Tomamos um café delicioso, tudo muito bucólico. Depois inevitável é a passada na feira de artesanato para comprar o que? Pedras, hheheheheheh. Esculturas em pedras, lembrancinhas de pedras, caixinhas de pedras....



 Gente, desculpa se esse post ta ficando enorme, mas acho que seria injusto com Minas, não contar um pouquinho. Vocês estão querendo saber com o que eu fiz minha minifarra? hahahhaha Como eu sempre falo, se é para "jacar" que seja por uma justa causa. Eu tinha que provar o "Pasté de angu" do Jeca Tatu que encontramos no caminho para Ouro Preto. Minha curiosidade foi mais forte. É uma espécie de pastel feito de polenta recheado de carne. Então, se vocês forem visitar Minas eu libero o pastel, ta? Vale mesmo a pena. Mas fui comedida e comi apenas UM!!! Falando sobre jacadas, também tive que provar o pão de queijo mineiro, adorei, realmente é tudo o que falam. Mas não esqueçam de ficar dentro dos 60 minutos e depois voltar com indução, ok? Não engordei nada depois da viagem, mas comecei uma indução rigorosa (invenção da amiga Rosy) que me deu um puxão de orelha. Agora, que falta pouco e todo mundo já diz que ta bom, a gente acaba relaxando (menos a Rosy, heheheh).
 





Uai, Olha aqui a Lelê!!! Deixa eu aproveitar para agradecer pela amizade e acolhimento que tive:  Rosy, Letícia, Henrique e Jeferson, vocês são DEMAIS!! Juro que andava meio desiludida com as pessoas, que só pensam em si. MASSS Essas pessoas são iluminadas, se todos os mineiros forem assim, já sei onde vou morar quando "crescer", hehehehhe. EITA povo BAUM, SÔ.




Sabe o que mais eu amei? A Igrejinha da Pampulha (independentemente de religião), é um sopro de cultura e beleza. Um reflexo da Modernidade projetada pelo Oscar Niemeyer. Os quadros desenhados por Cândido Portinari, preciso falar mais alguma coisa? Não, né... Ops, no fundo tem o Mineirão e o Mineirinho, tudo lindo, lindo...



Posso dar mais uma dica? Quem não foi, precisa ir!!! Estou falando no "Memorial de Minas Vale". Eu já fui em muitos museus (não o suficiente, claro), já visitei outros países e tal, mas o que eu vi nesse memorial é infinitamente superior. Ele é todo projetado e apresentado com efeitos de mídia, te faz estar em situações que cronologicamente seria impossível. É de uma criatividade!! Tenho certeza que as crianças vão amar, pois pode-se tocar e interagir o tempo todo. Vale muito a pena!! (Preço: GRATIS)


E tudo o que é bom dura pouco... voltamos para a casa!


Difícil foi ficar low carb na viagem de volta, tivemos que almoçar no aeroporto e dentro do embarque tinha apenas pães e sanduíches para vender. Tivemos que desembarcar para encontrar essa Salada Cesar.  #ficaadica



Beijocas da Jully