domingo, 16 de junho de 2013

Estamos Todos Errados?

Essa semana vi em vários lugares comentários sobre a edição deste mês da Revista "O2 Por Minuto". Até o Dr. Souto fez um apelo para que comprássemos a revista como forma de incentivar as publicações low carb aqui no Brasil. Corri nas bancas e comprei a minha. Na verdade a revista em si não tem uma proposta low carb, pois ela apresenta várias visões. Na reportagem sobre os adoçantes é possível perceber alguns conceitos ainda tradicionais. Mas, a reportagem que escolhi trazer aqui neste post "Estamos todos errados?" começa a discutir certas verdades difundidas sobre nutrição saudável. Nada que seja novidade para quem já segue e estuda as dietas low carb, mas é sempre bom ver essas ideias sendo difundidas em outros meios. Adorei o esquema, na terceira página da reportagem, do ciclo vicioso: carboidratos-insulina-aumento de peso. Outra reportagem interessante, e que eu sugiro a leitura, é a entrevista com o jornalista Gary Taubes, que é um dos editores da revista Science. Ele combate o consumo de carboidratos e diz que a restrição calórica é um mito. Pena que seu livro "Why we get fat" não foi ainda traduzido aqui no Brasil, como muitos outros livros low carb, né? Abaixo poderão ler a reportagem que destaquei para dividir com vocês. Farei minhas as mesmas palavras do Dr. Souto. Comprem a revista, mandem e-mails para os editores e ajudem a chamar atenção para o nosso estilo de vida, para que mais reportagens sejam publicadas.

Preço: 14,90

11 comentários:

  1. Gostei! Vou comprar a revista, obrigada bjsss

    ResponderExcluir
  2. Oi, Jully!
    Essa publicação, de fato, movimentou muito o "nosso meio" na última semana!
    Concordo com você quando diz que, para aqueles que já são praticantes e estudiosos da "filosofia low carb", não há grandes novidades.
    Concordo, também, quando identifica o maior mérito da reportagem na difusão dessas idéias, em outros meios.
    Mas, especialmente, agradou-me a veiculação dessas idéias em um meio como esse, em que a nossa opção é considerada até mesmo uma "loucura", um atentado à saúde.
    Exercícios aeróbicos e dieta low carb são um ponto ainda mais controvertido (bem se vê que pouco se tocou nesse assunto na reportagem).
    A exposição dessa opção por uma "vida low carb" como uma realidade, que já possui inúmeros praticantes contribui para, no mínimo, despertar o interesse das pessoas em conhecer um mundo (e não um submundo, como muitos querem fazer acreditar) que é real e possível.
    Quem sabe, as pessoas que querem se iniciar nessa prática, não tenham tanto "pavor" quanto eu mesma tive, instaurado por um "consenso geral" que nem sempre é o correto, ou, pelo menos, não é igual para todas as pessoas do mundo, já que não somos todos iguais...
    Não sou exatamente uma pessoa que "adore" quebrar tabus, mas sinto-me, sempre, na obrigação mesmo de me informar, pensar por mim mesma, elaborar raciocínios, experimentar e tirar minhas conclusões.
    Afinal, como seres pensantes, o mínimo que podemos fazer é nos indagarmos sempre, como muito bem propôs a chamada na capa da revista:
    "E se?"
    Beijos, e obrigada por todo o conhecimento que você tem me ajudado a adquirir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc sabe q te adoro..... Já é uma amiga!!!!

      Excluir
    2. P.S Jully, eu sei que você já sabe, mas para quem se interessar, enquanto o livro do Taubes não é traduzido para o português, podemos ler os capítulos contendo toda a base teórica, lá no blog do Dr Souto, que se dedicou a traduzi-los e publicá-los para facilitar a difusão das informações.; Começa nesse post, em 2011:

      http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2011/12/o-livro-we-get-fat-de-gary-taubes.html

      Beijos.

      Excluir
  3. eu sou suspeita a falar porque sou adepta da low carb por causa da doença celíaca.. mas enfim.. adoroooo.. bjokas lindeza e sucesso

    ResponderExcluir
  4. Não estamos errados. Provavelmente eles é que estão.

    ResponderExcluir
  5. Isso mesmo, não trouxe muita novidade para nós do mundo paleo, low-carb, Atkins e afins, mas foi muito importante pelo fato da difusão. Ainda assim, eu comprei (até mesmo depois que vi o "apelo" do Dr. Souto rsrs) É importante que a revista tenha bastante saída para a editora perceber que existe um grande nicho que não é, digamos, muito contemplado por ter uma visão contrária ao senso comum e contra as base teóricas das ciências nutricionais tradicionais.

    ResponderExcluir
  6. Ah outra coisa, na sequencia dessa reportagem há outra com a entrevista de Gary Tubes.

    ResponderExcluir
  7. Jully - obrigado por escanear. Só vi hoje :-)
    Mas já linkei no meu blog. E, a propósito, parabéns pelo seu trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dr. souto eu que agradeço por tudo o que vc faz por esse estilo de vida! Sou sua fã. Abraços.

      Excluir
  8. Parabéns! MUITO BOA essa publicação! Fico feliz em ver que cada vez mais este assunto se espalha no Brasil! Estou desenvolvendo um site para ser mais um a divulgar desse novo estilo de vida que todos deveriam tomar conhecimento! Conheci o site agora... Parabéns!

    ResponderExcluir