segunda-feira, 25 de novembro de 2013

"Erros comuns na dieta low carb" e "Alimentos para a Cetose Nutricional"



Olá amig@s,

Juro que vou contar todas as novidades das mudanças na minha dieta, mas deixa eu entender melhor, que logo logo faço um post bem explicadinho falando de mim. Para introduzir o assunto achei legal trazer algumas informações que encontrei neste blog aqui: Carb Smart. Quem me indicou foi a minha mais nova amiga de infância, a Vanessa, que me encontrou pelo blog e Instagram e descobrimos que somos vizinhas, moramos pertinho, pertinho. Obrigada linda, talvez você tenha me ajudado mais que eu a você. Mas, voltando, esse blog confirmou algumas suspeitas, referentes à nossa dificuldade de perder peso. Segue alguns destaques que fiz dos três posts desse blog que eu acho importante falar. Para explicações mais detalhadas acesse os links do blog Carb Smart. 

"Erros comuns na dieta low carb"







Fonte:


"12 alimentos saudáveis com alto teor de gordura para ajudar na cetose nutricional"


Vale destacar que cada organismo é diferente e que cada um tem seus próprias necessidades metabólicas específicas de gordura, proteínas e carboidratos.  Mas existem pessoas (como eu e o autor do blog Carb Smart) que tem um metabolismo muito lento e pode ser necessário cortar a ingestão de carboidratos ainda mais, e reduzir a proteína também. 


"Uma das principais chaves para o meu sucesso com cetose nutricional tem haver com o aumento no meu consumo de gorduras. Eu não tenho medo de comer gordura na minha dieta baixa em carboidratos, na ausência de carboidrato, a gordura, é a fonte de combustível do corpo. Mas aumentar os níveis de gordura ainda mais e restringir carboidratos e proteínas faz toda a diferença. Eu me lembro quando eu comecei esta experiência, eu tenho um monte de e-mails de leitores que perguntavam como eu tenho o meu consumo de gordura até 85% das minhas calorias. Alguns brincaram: "O que você está fazendo, bebendo manteiga?" Eu não posso deixar de rir dessa noção, mas permitam-me fazer este um momento de aprendizado para pessoas que podem não estar familiarizados com as diferenças entre os macronutrientes". 


Quando se discute o que é uma dieta muito rica em gordura, é importante para lembrar às pessoas de que um grama de gordura na dieta tem 9 calorias, enquanto carboidratos e proteínas têm cada um apenas quatro calorias por grama. Isso significa que você precisa de menos da metade do volume de gorduras a fim de obter as mesmas calorias que você receberia de carboidratos e proteínas. Então, ele realmente não é gordura, tanto quanto você pensa. Para ajudar você a descobrir o que acrescentar em sua dieta para aumentar drasticamente a quantidade de gordura que você está consumindo, eu compilei uma lista de 12 alimentos ricos em gorduras saudáveis ​​que são perfeitos para o seu plano de cetose nutricional. Se você comer esses alimentos gordos e deliciosamente saudáveis (mas que não engordam),  reduzindo o carboidrato e proteína, não há nenhuma razão para que você não experimente todos os benefícios positivos  que vêm de estar em cetose nutricional.
 
Aqui estão as 12 alimentos ricos em gordura que você deve comer, juntamente com o percentual de calorias que vêm da gordura dietética.



 












 Fonte:



Sobre a Cetose Nutricional:

Esse é um conceito novo para mim e este autor explica da seguinte maneira:

O falecido, grande Dr. Robert C. Atkins fez este conceito-chave a peça central de seus livros mais vendidos. Infelizmente, cetose dietética tem sido severamente criticado por detratores Dr. Atkins como de alguma forma ser um "perigoso" do Estado. "Cetose" tem uma associação negativa confundido com o verdadeiramente perigosa e potencialmente fatal "cetoacidose diabética" , que ocorre mais freqüentemente em pessoas com diabetes tipo 1.

 Outro problema com o uso do termo "cetose" sozinho, como Dr. Atkins fez toda a sua obra, é que ele deixa de comunicar qualquer concreto, o significado prático sobre o que é preciso para chegar lá. Existem verdadeiros benefícios da cetose, de modo que este entendimento é crucial. É por isso que eu acredito que a frase "cetose nutricional" é a melhor maneira de enquadrar a ideia de se tornar ceto-adaptadas ou gordura adaptado através da utilização de um alto teor de gordura bem formulada, adequada de proteínas (moderado), dieta baixa em carboidratos.

O termo "cetose nutricional" tornou-se popular na comunidade low carb, nos últimos anos, graças a uma série de livros escrita pelo Dr. Stephen Phinney e Dr. Jeff Volek . Eles primeiro usou a frase "cetose nutricional" em seu 2010 New York Times best-seller The New Atkins Por Um Novo Você (escrito com o Dr. Eric Westman). Phinney e Volek continuou a utilizar e definir o termo em seus livros posteriores a arte e a ciência de baixo carboidrato Viver e A arte e a ciência de baixo carboidrato Desempenho . Esta marca do conceito de "cetose nutricional" foi a melhor adição ao baixo vernáculo carb já que muitos pararam de falar em low carb como uma "dieta" e começaram a chamá-lo de "estilo de vida".

Fonte:

 

25 comentários:

  1. Parabéns pela postagem, foi de grande valia.
    Jully, algumas perguntinhas:
    Como vc usa o óleo de coco?
    E esse coco q foi citado, como é? Farinha de coco ou in natura?
    Esse creme de queijo, como é, eu nunca nem ouvi falar nisso,rsrsrs (desculpa ignorância)
    E esse chocolate, tem alguma marca específica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uso muito oleo de coco... No café, no quindim de coco, que vou postar a receita, mas tem no instagram.... O coco pode ser o natural, o ralado sem adição de açucar e a farinha de coco... O cremed e queijo, é americano, não sei se os nossos cremes de quijo tem tanta gordura assim..... Tem varias marcas de chocolate 70 ou 80%... Gosto do Lindt.... Bjs

      Excluir
    2. Obrigada jully, vc como sempre mt atenciosa, um amor!!

      Excluir
    3. Oiiiii... posta sua receita de quindim sim. O meu ficou tão sem graça rs... E suas receitas são ótimas. Bjs

      Excluir
    4. Qual seu instagram??? Adorei tudo aqui!!!
      :P

      Excluir
    5. Meu insta é "aultimadietadaminhavida"

      bjs

      Excluir
  2. Como sempre, post maravilhoso e muito esclarecedor! bjoooo

    ResponderExcluir
  3. Como sempre, um post maravilhoso e muito esclarecedor!! bjoooooo

    ResponderExcluir
  4. Excelente, Jully!
    Após oito meses na prática da alimentação Atkins/lowcarb encontro-me nessa fase de pesquisar a proporção dos macronutrientes ideal às minhas necessidades. No início, a supressão das grandes quantidades de carboidratos, e o aumento das proteínas e gorduras são suficientes para promover o emagrecimento, e junto com ele, uma mudança geral de humor e energia, que nos faz querer manter a prática alimentar.
    E só de "seguir" a tabela da Indução do Dr. Atkins as mudanças vão acontecendo naturalmente.
    Com o tempo, o emagrecimento diminui, ou mesmo cessa, e a busca, o estudo e a observação constantes nos levam a compreender o que já havíamos lido: nossa opção alimentar é pela "alta gordura", e não pela "alta proteína", confusão que se vê muito comumente por aí.
    Só que, desde o "livro antigo", o Dr. Atkins é enfático nesse aspecto; também Dr Souto, em seus estudos e posts no blog.
    Estabelecer a proporção ideal ao meu caso é o desafio agora, pois ainda tenho peso que desejo eliminar.
    Por isso, seu post, com o cuidado e capricho de sempre, veio bem a "calhar".
    Obrigada!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, acho que vc tb deverá reorganizar a sua dieta... se precisar grita, bjsss

      Excluir
    2. É... Eu tava com um "ligeiro pressentimento" sobre isso...
      Hahahahaha!!!! Vou gritar, pode deixar!
      Nessa vida "dietética" tem de tudo, só não tem "sossego"!
      Beijos.

      Excluir

  5. Resumo do Dia:
    Isto é um pouco do que eu consumi Isto é exatamente o que eu consumi
    107%
    da IDR*
    (2132 cal)

    *Baseado num IDR de 2000 calorias
    Repartição das Calorias:
    Carboidratos (12%)
    Gorduras (67%)
    Proteínas (21%)

    ResponderExcluir
  6. Julho postei meu diário alimentar de hj , conf o fatsecret....to feliz !!!!

    ResponderExcluir
  7. Jully

    Eu estou começando Atkins, mas estou muito confusa. Cortei carboidratos total por 4 dias ( hoje é o quinto) e nao entrei em cetose. Confesso que tenho me focado mais nas proteínas, mas tenho comido ovos com bacon, carnes... Lendo o Dr. Atkins ele diz que alguns podem ter este problema, por medicação (tipo Prosac), que eu tomo... Enfim... Minha irmã começou depois de mim, têm ingerido mais carboidratos do que eu (dentro dos valores permitidos), e perdeu 6,5 kg em uma semana. Faço musculação, esteira e não estou perdendo peso. Fiquei com o intestino muito constipado.
    Para eu tentar nova indução, faz uma gentileza de ( se possivel), mandar uma lista de alimentos para café, almoço e jantar? Tipo um cardapio para a indução.
    Jully parabéns pelo blog. Li tantos, mas o seu me deu esperança de entrar em cetose nutricional.

    Desculpa

    ResponderExcluir
  8. Primeiro que Atkins sugere ficar entre 20g de carbos, muito menos do que isso não faz bem. Não significa que vai emagrecer mais, pelo contrário

    Acho bem difícil zerar carbos, pq tem alimentos que tem poucos carbos, mas tem. O ovo, por exemplo tem 0,5 cada um.

    Cetose não é sinônimo de emagrecer. Existe infinidade de coisas que atrapalham a cetose ou o emagrecimento.

    Muita proteina atrapalha a cetose. Mas depende do seu peso (que eu nao sei) para definir a sua quantidade.

    Medicamentos atrapalham o emagrecimento.

    Sempre consulte um médico.

    Cândidíase atrapalha tb, é preciso tratar.

    Excesso de cortisol tb pode interferir.

    Ja fez exame de tireóide?

    Já fez dosagem de GH?

    Esta tomando oleo de coco?

    Já leu o livro? Ele ajuda a não cometer pequenos erros na dieta, que acabam atrapalhando os resultados.

    Em Atkins não tem essa coisa de cardápio, até pq cada um personaliza a sua dieta. O que tem é uma tabela de indução que já esta aí no canto direito do blog.

    Acredito que deva procurar um médico para certificar que não estas com algum problema.

    Muitos nutricionistas esportivos tem uma visão low carb e passam cardápios.

    Boa sorte.

    Abçs

    ResponderExcluir
  9. Nossa Jully teu blog tá tão bonitinho, organizadinho.
    Amei os textos!
    E gostei dessa observação sobre as gorduras.
    A Cláudia Vilaça é campeã de fisiculturismo natural,usando uma alimentação low carb, que considero Atkins e ela NÃO usa suplementos, usa a gordura do óleo de côco e azeite como combustível. Ou seja, não dá para tirar a gordura se não vc apaga de falta de energia.
    bjos
    Ana Lúcia

    ResponderExcluir
  10. July, adorei seu blog! Que pena não tê-lo encontrado na semana passada! Estava consumindo basicamente proteína e em 10 dias não emagreci um grama sequer. Já estava ficando louca sem saber o que estava errado! Agora, graças a você, descobri, Obrigada, Bjs.
    Lili

    ResponderExcluir
  11. Muito obrigada pelas informações, cá estava eu pensando e maturando o pq eu nao saia do lugar a 10 meses comecei a dieta e emagreci 23 kilos, me restam os 7 finais, n quero mudar ainda de fase, fiquei estacionada por mais de um més e confesso que estava ingerindo MTA proteina , vou me adaptar a essa ingestão de gordura boa e se Deus quiser saio do lugar, beijos

    ResponderExcluir
  12. Vc é o máaaaaaximo!!!!! Amo seu blog e mega sigo diariamente... no insta tb! :)
    Estive "estacionada" na perda de peso e encontrei a resposta aqui... falta de ingerir gordura!!!!!
    Agora é me embebedar de gordura e torcer pra balança baixar!! :)
    Muiiiiiiito obrigada por compartilhar!!
    bjs

    Talitha Jacob
    www.thamagerrima.blogspot.com
    @thamagerrima

    ResponderExcluir
  13. Pratico corrida de rua, será que se eu consumir gorduras, oleo de coco, vai me dar energia o suficiente? adorei se blog, vc explica direitinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em teoria sim... mas vc terá que tentar por um tempo (não adianta fazer isso 1 semana, o corpo precisa adaptar) para ver se funciona para vc... bjs

      Excluir
  14. Parabéns pelo blog , você conseguiu explicar muito bem sobre a ingestão de gordura , faço dieta lowcarb há um ano e já desisti de tentar explicar as pessoas esses conceitos de comida de verdade . bjux

    ResponderExcluir
  15. Parabéns pelo blog , você conseguiu explicar muito bem sobre o consumo de gorduras boas , faço lowcarb há um ano e ja desisti de explicar esses conceitos as pessoas , elas tem estratégias nutricionais muito arraigadas , então me limito a dizer que perdi 40 kilos , com 40 anos tenho disposição de 20 e saúde de 15 , um beijo .

    ResponderExcluir
  16. Eu nao costumo contar o que como, como até ficar satisfeita. Em geral, faço umas 3 refeiçoes por dia. Meu café geralmente sao uns 4 ovos caipiras cozidos ou fritos no oleo de coco e posteriormente coloco 1 colher de azeite de oliva extravirgem organico; geralmente tbm faço uma bebida quente com leite de coco, cafe e cacau em po, tudo organico. No almoço geralmente consumo carne ou peixe assados no oleo de coco. Costumo comer com um pouco de farofa ou de arroz, acompanhado de salada verde. E o jantar é mais variado, as vezes repito o cardapio do almoço, so que em menor quantidade, ou como ovos novamente ou as vezes invento algo rsrs. Eu tinha receio em consumir o abacate pq nunca encontrei o organico, mas dei uma pesquisada no google e vi que ele é considerado uma fruta 'limpa', com baixos indices de agrotoxicos. Vou passar a inclui-lo no meu cardapio. Acho que um batidinho de abacate, leite de coco e açucar de coco deve ficar uma delicia, ne? :)

    ResponderExcluir