segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Adeus ano velho, feliz ano novo (2014)


Oiê pessoal

Mais um ano se passou e é hora de fazer um balanço. Depois do balanço é fundamental reconhecer os erros, comemorar os acertos e estabelecer novas metas. Como eu sempre digo, metas que sejam possíveis de cumprir, sem com isso deixar de ser ousado e se superar. O ponto certo? Vocês vão encontrando a cada balanço. Pra isso é preciso TENTAR.... Ilustrando: comecei um treino novo BEM "de menino" cheio de cara feia. [1 dia de superiores e 1 dia de inferiores] Fui fazer bíceps 21 e o instrutor me deu um peso de 5kg, e eu disse, não vou conseguir... Ele olhou com cara de quem nem pensou em baixar.... Aí eu tentei e consegui terminar. E assim foi em outros exercícios também. O que isso quer dizer? Que ele cobrou demais de mim? NÃO, era eu que estava me subestimando. Sozinha nunca teria colocado aqueles pesos. Por isso cuidado também em não colocar metas "MUITO" possíveis, a gente sempre pode mais um tiquinho do que imagina. 

Viu? Já fui longe.... Queria começar este post explicando porque ali no cabeçalho não tem mais no nome (antigo) do blog: dietadodratkinsbrasil.blogspot.com.br. Já venho amadurecendo essa ideia há mais de 9 meses, e chega uma hora que a "criança" precisa nascer, né? Percebo que não tenho atualizado o blog como gostaria e acredito que parte do motivo esteja relacionado à identidade do blog. Explico: amo a dieta Atkins, mas depois de 2 anos mudei muita coisa na minha dieta e não sigo mais Atkins como está nos livros. Ele sempre foi e será minha base, mas fiz digamos assim, lapidações. 

O que isso quer dizer? Vocês devem trocar de dieta? NÃOOOOO. Cada um tem seu momento, cada um tem suas preferências. Por isso, a partir de hoje, o fundamento principal desse blog será uma dieta com baixo carboidrato. 

Pra quem tiver em dúvida se perguntando o que exatamente me fez mudar a minha dieta, eu respondo em tópicos:
 - Atkins aprova o uso do glúten desde a indução, existem receitas de pão que é composta em sua maioria por glúten. Eu já falei sobre isso no blog, mas repetindo... se países inteiros exigem das indústrias que coloquem nos rótulos avisos de "contém glúten" ou "não contem glúten" e se ele é gerador de uma doença que atinge, só no Brasil, cerca de 1 milhão de pessoas (fonte aqui) - não deve ser boa coisa. Por isso, há mais de 1 ano e meio cortei o glúten da minha dieta. 
 - A dieta Atkins aprova o uso da fibra de trigo, também desde a indução. Para quem já leu o livro "Barriga de Trigo" eu nem preciso explicar. Para quem não leu o livro, leia aqui.  E aqui   E aqui. E vão entender por que eu acho que o trigo (ou partes dele) seja o grande vilão.


- Lendo o livro do Atkins, a impressão que tive era de que se você comer basicamente proteína, vai emagrecer. Comigo não aconteceu bem assim, tive momentos que comi muita proteína (que se transformou em glicose) e não emagreci por muitos meses. Somente depois de ler sobre a dieta LCHF (assista aqui) que comecei a regular meu emagrecimento. Isso quer dizer que sou LCHF? Não sei, agora sigo o que me faz bem e o que se comprova no meu corpo, sem mais rótulos ou obrigações. 


- Alimentos industrializados: esse é outro motivo. Depois de ler o livro (A dieta dos nossos ancestrais - compre aqui) e o blog da Bruna e do Caio (http://primalbrasil.com.br) vi que comida de verdade não tem nada a ver com o que consumimos por aí (destaco esse post, que me deu um tapa na cara: aqui ). Esse é a base do pensamento da dieta Paleo, muito bem representado aqui no Brasil pelo livro e blog referidos (sugiro de novo que leiam o livro) e também pelo blog do Dr. Souto. O grupo Atkins produz alimentos processados com baixo "carboidrato" ou alta quantidade de fibras (para "anular" os carbos).... São produtos realmente MUITO gostosos, devo admitir. (E não estou dizendo que NUNCA vou comer, porque não sou radical, mas 1 vez por ano é bem diferente de comer toda semana). Para explicar melhor: nos últimos dois meses tenho comido "comida de verdade" em 95% das minha refeitos, isso porque tomava refrigerante zero eventualmente, e uso adoçante de sucralose - e provavelmente outras coisas que não lembro agora. Minha disposição está ótima, não me sinto inchada, nem com alteração no humor, enfim, tudo ok. Comprei umas barrinhas de indução Atkins e comi.... Gente, fiquei bem ruim, tive diarreia, enjoo, dores e alteração no humor. Com isso não estou dizendo que os produtos Atkins fazem mal, só estou dizendo que eu estava "desintoxicada" de todas as substancias que PRECISAM ter nos alimentos industrializados e acabei sentindo na pele os efeitos. Por isso acho que não devem ser consumidos "diariamente - todos os dias"... Desculpem o pleonasmo, mas é isso aí, hehhehheheh. (Ler aqui também)
- Gorduras: em Atkins é liberado o bacon, torresmos, manteiga e gorduras em geral, tais como óleos refinados e processados, como o óleo de canola e de soja. O que eu acho que é Atkins não diferencia as gorduras. E muita gente, assim como eu inicialmente, coloca as gorduras em um mesmo balaio (Ler aqui). Considerando tudo que já falei sobre óleos e gorduras aqui e sobre minha opinião a respeito dos alimentos industrializados, não faz sentido eu usar esses óleos refinados, industrializados e processados na minha alimentação. A dieta LCHF me orientou em relação à qualidade da gordura e também à quantidade, que atualmente é cerca de 70 a 80% (aqui) do total do que como por dia.



Enfim, por tudo isso que eu falei, espero que vocês entendam minha decisão. Acabei fazendo tantas alterações na dieta Atkins, que não acho justo continuar dizendo que sigo esta dieta. Quem quiser continuar essa aventura comigo (seguindo qualquer dieta, sem discriminação) seja muito bem vindo neste cantinho. Quem não aprovar, fique a vontade para procurar "lugares" com mais identificações. 

Estou devendo um post sobre meus novos resultados e novas metas, mas fica para o próximo, porque este já esta grandinho.

Daqui há 1 mês vou alterar também o endereço eletrônico, que ficará assim: http://lowcarbaultimadietadaminhavida.blogspot.com.br/
Melhor vocês salvarem, pois não sei bem como acontece essa transição, mas acredito que  o antigo endereço não irá redirecionar para cá.

Um grande beijo
Ju

5 comentários:

  1. Parabéns pela mudança e por ter voltado !!!! Bjs

    ResponderExcluir
  2. Sabe Jully, eu estou seguindo a dieta, mas assim como vc, tbem nao concordo com algumas coisas, tipo oleo canola(veneno) e se eu abrir mao da couve em certa quantidade, um pouco maior q recomendado, meu intestino trava, afff, por isso, como se diz... ouve-se tudo e retem-se o que é bom.... beijaoooo

    ResponderExcluir
  3. É Disso que estou falando rsrs penso exatamente assim por isso recomendo diariamente seu blog quando me perguntam que dieta eu faço respondo ATIKINS PALEO rssr
    Parabéns seu blog ofi meu segundo contato com a dieta das ''proteínas '' onde estou até hoje e já se forma vários kilos off (23) ...Não conto quantidades , passei a me conhecer e nã mais seguir formulas prontas ..parabéns mesmo

    ResponderExcluir
  4. Adorei, Jully!
    Post maduro e objetivo, fruto de muito estudo, reflexão e experiência.
    Também para mim, o radicalismo não é uma opção, e, se somos seres capazes de raciocinar e criar, nossa missão é evoluir sempre.
    Obrigada por compartilhar tudo isso com outras pessoas que, como eu, vivenciam essa busca, dia a dia.
    Grande beijo de quem a admira muito,
    Clarissa

    ResponderExcluir
  5. Pois eh Ju, tambem sai da Atkins depois de ler muito e descobrir os maleficios dos oleos de sementes, o gluten e outras coisinhas mais que nos eram permitidas. Amo o Dr. Atkins, ele foi um dos pioneiros, mas as coisas evoluiram (ou retrocederam a epoca das cavernas como eu gosto de pensar,gastronomicamente falando), pois alem do travamento de peso eu tenho serios problemas alergicos causados por alimentos inflamatorios. Viva a Paleo-primal. beijos

    ResponderExcluir