terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Pagando promessa


Olá amig@s

Como prometido neste post vou tentar contar tudo o que estou fazendo na dieta, os resultados, etc. Desde outubro comecei a fazer alterações na minha alimentação, a primeira coisa que mudei foi a quantidade de gordura, eu comia em média 50 a 70g por dia e passei a comer entre 170 a 190g. Como eu já contei anteriormente, reduzi o consumo de proteínas para 1g por kg corpóreo, que no meu caso equivale a 66,2kg (14/12/2013) e 72,0kg (10/10/2013) quando comecei seguir esta estratégia. E com isso já conto o final da história, hehehheheh... Em 65 dias, perdi 6kg, o que significa que perdi em média 600g por semana, que na minha opinião é um ótimo resultado, considerando que já fiquei mais de 6 MESES, isso mesmo, sem perder nadica de nada.... Não fiz os cálculos até hoje, porque teve férias, Natal, Ano Novo e saí da dieta, fiquei inchada e não poderia comparar, para falar a verdade, consegui só agora retomar esse peso da metade de dezembro - uma m. mesmo. 

Segue minha tabela de avaliações na academia, como pode se ver, perdi um 1,300kg de massa magra, 2.0kg de gordura e mais de 1kg de líquidos, isso significa que:

- Tive que sacrificar massa magra por um bem maior, mas estava consciente que isso poderia acontecer.
- A dieta que segui me fez desinchar bastante.
- Perdi 2cm de circunferência do quadril 
- Perdi 4cm de circunferência da cintura
- Perdi 6cm de circunferência do abdômen


 Agora, como foi a dieta e o que acrescentei e eliminei durante esse período:

- Comida de verdade, essa foi a base do meu pensamento. Comida de verdade não precisa de "rótulo" (geralmente). Veja abaixo o quadro de como foi o esquema das minhas refeições. 
Exceções:  gelatina zero, adoçante, vitaminas, essência e refrigerante zero. Também uso aceto balsâmico e temperos como Mrs. Dash que não tem sódio e é feito de ervas naturais desidratadas.

- Gordura, gordura e gordura, basicamente 180g de gorduras em forma de azeite de oliva, óleo de coco, manteiga, nata, abacate (pouco) e óleo de linhaça (pouco). Isso corresponde a 70-80% do total da minha alimentação diária. (Essa é a parte mais dispendiosa em termos financeiros dessa dieta, mas é fundamental um BOM azeite de oliva (extra virgem) e um óleo de coco também EXTRA virgem - compro em média 3 potes de 500ml por mês que custam 40,00 cada).

- Verduras, verduras e verduras: Muitas folhas (alface e rúcula) em TODAS as refeições, cerca de 100g de folhas em cada refeição (almoço e janta). 

- Cortei os suplementos: Glutamina e BCAA :(. Esse deve ter sido o motivo de ter perdido massa magra, mas meu foco era manter a cetose em alta e esses aminoácidos interferem. Cortei o whey também porque controlei a quantidade de proteína, em cada dose tem 30g de proteína, e teria que deixar de fazer uma refeição para "caber" o whey e isso ia contra minha ideia principal, comer comida de verdade. (Quando voltar a ganhar massa magra, vou voltar a tomar o whey).

- Em média meus macronutrientes ficaram assim: 
20g de carboidratos
70g de proteínas
180g de gorduras.

Basicamente foi isso que fiz... só alternando as verduras e as carnes no almoço...

1. Todos os dias tomei café com óleo de coco (depois de muita água para reidratar depois de uma noite inteira). Depois do café, geralmente procuro fazer atividade física, o que chamo de aero em jejum, no máximo 40 min. de uma atividade que eleve os batimentos cardíacos a 120 - 140bpm. Depois disso, como ou um bolinho de coco (chamado de quindim de coco no blog) ou 1 ovo mexido, frito, geralmente com 1 colher de nata ou manteiga. Pode ser tamb´me com gengibre frito, pois assim conseguimos aumentar mais o metabolismo. 
2. Procuro variar os tipos de carne, geralmente é: sobrecoxa de frango, carne moída, bife, peixe, coxinha de frango. 
3. Os legumes ou verduras variam assim: berinjela, abobrinha ou brócolis em 90% das vezes. Refogo ou faço assado uma quantidade que varia entre 80 e 100g. Tomate, palmito, pepino japonês entraram ou para completar o prato, ou como substitutos dos legumes acima citados nas demais refeições. (Sem contar a alface e a rúcula).
4. Na janta sempre uso os ovos para fazer ou omelete, ou mexido, pois os ovos apenas cozidos (para mim) não dão saciedade. Na omelete ou no ovo mexido, geralmente misturo nata ou manteiga, com alguma verdura, e o resultado é um prato nutritivo e que me dá saciedade. Pode usar parte da verdura refogada do dia e bater junto com os ovos e fritar.


Possíveis perguntas:

Foi fácil? 
Não! Foi F. Treinei muito e ralei muito. Sem atividade física não teria conseguido alcançar os resultados. A dieta sozinha não faz milagres (pelo menos no meu caso).

Foi difícil?
Também não, pois fiquei sempre saciada, sem fraqueza, sem gastar horrores em suplementos, sem gastar horrores em proteínas, já que diminui o consumo delas consideravelmente.

Você consegue?
Parece clichê, mas seu eu consigo, você também consegue. Eu sou/era super morta de fome, nunca imaginei fazer jejum, atividade física só com óleo de coco, então, era tão absurdo, que nem posso acreditar.

Funciona pra você?
NÃO SEI. Só você pode saber se testar. Cada organismo é único. 

Estou recomendando essa dieta?
NÃO, pois não sou uma profissional da nutrição. Não te conheço, não sei das inúmeras variáveis que você pode ter, como remédios, doenças, estilo de vida, atividade física, são tantas coisas que mudam os resultados... Estou simplesmente relatando o que funcionou e como funcionou PARA MIM!!!

Agora...

Depois das escapadas do final do ano, voltei a fazer essa dieta, BEM certinha e estou conseguindo não sair nem nos finais de semana. Quando chegar aos 63kg (agora estou com 66,2), vou reavaliar e suplementar com aminoácidos (glutamina e BCAA) e whey.

Espero ter explicado direitinho... beijos


11 comentários:

  1. Jully, você não consome mais manteiga e creme de leite?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu falei acima que faço o gengibre na manteiga... E o ovo mexido tb. Claro que uso, sim... Vou acrescentar ali na parte das gorduras essa info... Hehhehe. Creme de leite estou evitando. No lugar como a nata que tem bem mais gordura. Bj

      Excluir
  2. não sei pra onde foi meu comentário.. então comento de novo..kkkk.. eu sigo a vidinha por aki com 23g de carbo, 140g de gordura e 113g de proteínas.. e segue bem..rs.. bjokas e sucesso nega

    ResponderExcluir
  3. vou te seguir a partir de hj.... mudando de dukan para atkins. perdi 15 kg, faltam 2o. vamos juntas. gde beijo!!!

    ResponderExcluir
  4. Sabe o que você merece?
    Palmas!!!!!
    Essa sua capacidade de não se entregar às "aparências" de que não vai dar certo, às "verdades" que a balança parece nos mostrar como "irreversíveis", é maravilhosa!
    Quantas vezes já "entreguei os pontos" nessa hora em que nada parece corresponder aos meus esforços? Não sei contar...
    A sua crença em que pode virar o jogo ao seu favor, que você mesma pode mudar as regras, e com isso, mudar o resultado final é simplesmente contagiante!
    E tomara que seja também "contagiosa"!!! Rsrsrsrsrs!!!!
    Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  5. Jully, gostei muito das suas resoluções, tenho uns quilinhos que também teimam em não ir embora, e fiquei interessada... como vc faz para contar a gordura? no bife por exemplo, se ele tiver 100gramas quanto disso é gordura? onde posso obter estas informações? bjs e parabéns,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adri,
      Eu conto tudo pelo app Fat Secret do celular, mas descobri que tb é possível fazer os cálculos pelo site deles: http://www.fatsecret.com.br/
      Por exemplo, 100g de bife de vaca, tem em média 27g de proteínas e 15g de gordura. Pelo site ou pelo app é mais pratico, pq vc coloca a quantidade que comeu e multiplica automático, ou divide, no case de comer 1/2 porção... ou 1/4... Se você quer comer carne moída confira o tipo de carne e coloque certinho, pois existem carnes mais gordas e outras mais magras... ele tem um banco de dados gigantesco e se não tem um produto cadastrado, vc pode ajudar, cadastrando vc mesma...
      Espero que goste... beijos
      Ju

      Excluir
  6. Jully, por quanto tempo você fez essa re-indução? Como foi sua transição nos carbos? Atualmente quantos gramas você está comendo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que foi uns 3 meses, não lembro... Não entendi a sua pergunta sobre a parte da transição dos carbos. Estava comendo no ultimo mês em média 40g de carbos ...mas, Atualmente estou comendo entre 20 a 30g de carbos netos... Abçs

      Excluir
  7. Olá Jully! Parabéns pelo seu blog!!! Vi em um outro post que você havia introduzido a batata doce e te tirou do platô. Você parou de consumi-la antes do treino???

    ResponderExcluir