domingo, 19 de janeiro de 2014

Por uma praia low carb!!

Olá amigos,

Juro juro que vou tentar não fazer um post daqueles chatos para falar da importância de beber água no verão, heheh.
Época de férias e muitas tentações, felizmente passamos pelo momento mais crítico que é as semanas de Natal e Ano Novo. Como vocês sabem eu dei uma fugidinha em algumas refeições durante essas datas, mas vejo cada vez mais que não vale a pena. Fiquei inchada e tive que voltar correndo. Agora já recuperei, mas o período de praias (e piscinas para o pessoal do interior) ainda não acabou e o que a gente ESCOLHE fazer? Jacar todas as vezes que estiver nesses momentos de lazer? Como falei antes, isso é uma ESCOLHA. Então, Se escolher jacar, depois não reclame que sua dieta não esta evoluindo. Dificilmente a gente jaca e fica feliz no outro dia, acho que o mais comum é se sentir frustrado e chateado. Mas isso tudo é um processo e a gente vai evoluindo. 


Uma coisa que eu aprendi com essa dieta é não ter vergonha de LEVAR MARMITA. Podemos fazer isso com estilo, potinhos bonitinhos em bolsa térmica é a última moda no mundo fitness. E, se você não sabe se vai encontrar alimentos com pouco carboidratos em determinada praia, seja prevenida e leve sua bolsa low carb. 

Na minha opinião, o mais importante de tudo: PROGRAME-SE!!! Parece até banal e meio óbvio, mas esta cheio de gente que sabe que não vai encontrar comida low carb nestes lugares e não leva nada. Uma querida amiga low carb vai sai de barco com a família nos finais de semana e não leva nada para comer. Passeios de barco são ainda mais críticos, pois estamos cercados de mar por todos os lados e encontrar um lugar para comer é ainda mais difícil. Por mais que possamos estar em cetose, e não sentir muita fome, mas chega um momento que se alimentar é fundamental. Pelo menos em mim, não comer (sem ser uma opção) é motivo de muito mau humor. Então, imaginem que você esta lá com a família e os amigos e não pode comer nada do que tem a disposição e acaba ficando até mau humorada, o que o pessoal vai pensar? Que é culpa da dieta (e de certa forma é) e o que eles acabam fazendo? Tentando te convencer de que esta dieta não te faz bem,.... que uma vez só não faz mal,..... que você vai ficar doente e assim vai. E parece que uma coisa vai puxando a outra e vai só piorando e enquanto você não se rende o pessoal não fica tranquilo. Quem nunca passou por isso?????? 

Enfim, as situações são inúmeras e muitas vezes inesperadas. Por isso que SE PROGRAMAR, LEVAR MARMITA e BOLSA TÉRMICA são os "primeiros socorros" para nosso estilo de vida low carb dar certo. 

Então, se você esta na mesma sintonia que eu e não quer enfiar o pé na jaca nas praias, segue algumas dicas e opções do que podemos comer e levar para não passar aperto. 

O que eu levei à praia:
Primeiro, identifique na sua dieta alimentos que TE SATISFAÇAM. Alimentos que te deixam tão ok, que você não vai ficar em tentação quando o carrinho de picolé passar. No meu caso, o que mais me deixa saciada é o ÓLEO DE COCO. Existem sachês com prçoes individuais para vender, mas eu esqueci de comprar, então você pode colocar umas colheres em um potinho bem vedado. Parece um poico bizzaro, eu sei, mas funciona. De vez em quando, vai lá, toma um golinho. Fiz isso nesses dias de prais e me senti muito bem. experimente!!! 
OVO COZIDO: esse tem bem cara de marmita, hehehheheheh. E muita gente tem vergonha de levar. Ontem eu não quis comer o meu ovo em casa, saí em jejum de óleo  de coco e café, então levei meu ovinho para comer mais arde na praia. Hummmm, estava divino!


LINGUIÇA, SALAME e AFINS: a maior parte tem na composição leite em pó e açúcar. Eu encontro uma linguiça que é temperada sem açúcar com pimenta, fritei ela antes de sair e levei e um um potinho. O salame já fatiado é uma opção mais "social", pois todo mundo vai querer, então leve sempre um pouco a mais, hehehhe. 

QUEIJO: essa opção é uma das minha favoritas e o queijo coalho assado na hora tem sido o meu "almoço" quando estou na praia. No entanto é preciso tomar cuidado, pois o queijo é um alimento cheio de proteínas e diferentemente do ovo cozido (que sabemos disso) muitas vezes comemos o queijo como um complemento e não como se estivéssemos comendo um bife ou um ovo. Procurei uma marca qualquer na internet para ver as informações nutricionais e neste exemplo um espeto de queijo coalho tem em média 14g de proteínas. Por outro lado é um alimento com bastante gordura, o que vai dar uma sensação de saciedade, neste exemplo o queijo coalho tem 18g de gordura para cada espetinho. 


BOLINHO DE COCO: como saímos bem cedo de casa, pois final de semana a praia fica cheia, acontece de fazer a primeira refeição na praia mesmo. Deixei pronto na noite anterior o bolinho de coco - clique aqui -  (PROGRAMAÇÃO) e pela manhã só coloquei na bolsa. 


CHÁ ZERO:  Nas praias que fui já aconteceu de encontrar apenas coca cola Zero (não gosto). Em praias com mais opções também encontrei Guaraná Zero. Mas quem quer uma bebida com baixo carboidrato sem ser gaseificado ou sem conservantes, fica meio sem opções. Por isso optei por levar para a praia um chá verde Zero. Comprei o Feel Good, mas existem outras marcas que são ótimas. Se a família também gostas, pode levar a caixa de 1 litro e vai ter chá saudável para todos. Não esqueçam de deixar bem gelado, pois chá quente na praia ninguém merece, hehheheheh. 


CASTANHA DE CAJU: pelo que me contaram em grande parte das praias brasileiras é comum encontrar castanha de caju para vender. Aqui também é comum. Para quem não quer exagerar nos carbos, é bom ter cuidado, pois é um aperitivo que a gente pode comer muito sem nem perceber.


"CHORIPAN": pelo Brasil deve ter outras versões para esse nome, aqui passa um carrinho que vende linguiça assada com vinagrete no pão. Óbvio que pedimos uma versão sem pão no pratinho. Cheio de gordura e sabor, hummmmm.


Isso foi o que encontrei nas praias que visitei, pelo Brasil a fora vocês podem encontrar também: carne de sol, peixe frito, filé no palito, camarão ao bafo, frango a passarinho, espetinho de camarão, etc.

Espero que tenham gostado e não deixem de comentar aqui o que vocês levam para a praia!!
Beijocas...

 

7 comentários:

  1. Dependendo pode levar uns morangos...abacate..castanha do para..amendoim!!!

    ResponderExcluir
  2. "Uma coisa que eu aprendi com essa dieta é não ter vergonha de LEVAR MARMITA."
    Eu também!!!!!
    Hahahaha!!!
    Excelentes dicas!
    Nada de ficar se perguntando: mas o que é que eu vou comer na praia?
    No more excuses!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Hahhahahha.... Marmitando!!!! Bjs

    ResponderExcluir
  4. Bacana! Eu não tenho vergonha da marmita, mas não gosto mesmo é de levar vasilhas. Acho um saco, mas tenho certeza de que é melhor mudar de opinião rápido. Obrigada pelas dicas e excelente post. Beijos

    ResponderExcluir
  5. No Japao (desconfio que em qualquer pais de primeiro mundo) eh chic demais farofar. significa que vc teve o carinho e amor de cozinhar para voce e as pessoas que vc ama, entao estou na moda. Amo minha sacolinha termica, meus gelos de plastico e minhas marmitinhas , alem da geladeirinha termica .

    ResponderExcluir
  6. Maravilhoso o post!!! Mais uma vez fica claro que sem programação não tem como ser feliz! Rsrsrsr. Quem vive desorganizado, acaba comendo porcaria e atraindo um bando de coisas ruins para perto. Bjssssssss

    ResponderExcluir